A nossa vida não vale nada

Basta um imbecil com uma arma da mão e tá tudo acabado.

Ontem fez um dia lindo, ensolarado e não muito quente. Perfeito para um passeio no parque. Juntamos a família e fomos. Mas nosso pic-nic foi interrompido a bala!!! Isso mesmo, tiros. Eu nunca tinha presenciado uma coisa dessas e devo dizer que foi mais terrível do que eu jamais poderia imaginar.

Ali, bem pertinho de onde estávamos, um cara com uma arma na mão disparava enlouquecidamente, enquanto todo mundo se jogava no chão e chorava!!! O Fred abraçou o Gabriel e os dois deitaram no chão, enquanto isso eu voei e arranquei o Henrique do carrinho, ainda sem entender o que tava acontecendo. Vi aquela gente toda deitadinha no gramado e só o cidadão parado apontando a arma quase na nossa direção. Ele ainda deu uns dois tiros num outro antes de sair correndo. Então todos levantaram e se mandaram dali!! Na verdade nem todos. Uns ficaram no chão.

Depois eu soube que houveram 5 feridos, um em estado muito grave com uma bala na cabeça. Soube também que tudo foi uma briga entre duas gangues. Eles marcaram o encontro pelo orkut e segundo testemunhas isso já aconteceu mais vezes, o que ninguém esperava era que um dos imbecis estivesse armado. 

Eu não consigo parar de pensar que uma dessas balas perdidas podia ter atingido um dos meus filhos. A nossa vida não vale absolutamente nada pra essa gente. Com uma arma na mão eles fazem o que bem entendem.

Esse foi o registro do nosso passeio. Ali atrás, naquelas árvores, foi onde tudo aconteceu:


2 Responses
  1. De onde foi isso?


  2. Says:

    foi no parque da Redenção, aqui em Porto Alegre!